As 7 principais características para se conhecer o seu público-alvo

Continuando a nossa série “Comunicação não é um bicho de 7 cabeças”, apresentamos neste texto, as 7 principais características para se conhecer o seu público-alvo.


Detalharemos um pouquinho de cada tópico para que seu negócio saiba melhor quais são realmente os clientes que deseja atingir.

1. Definição

Antes de mais nada, é importante saber o real significado de público-alvo. Por isso, o item 1 precisava ser a definição.

Público-alvo (ou como alguns chamam de mercado-alvo) é um grupo de pessoas ou empresas que apresentam um mesmo perfil ou característica de consumo. Este grupo é que merece a atenção do seu negócio, realizando ações de vendas e marketing, no intuito de fazer este público ter interesse em produtos e/ou serviços oferecidos por você.

2. Pesquisa

É importante realizar uma pesquisa bem completa para entender este público-alvo. As informações mais relevantes para definição deste público são:

Sexo

Idade

Localização

Renda

Classe social

Hábitos de consumo

Para ficar mais claro, aqui segue um exemplo: você abrirá uma loja física de roupas femininas, então, seu público-alvo pode ser somente feminino, entre 18 e 50 anos, em um raio de 10km do seu negócio, renda mensal entre R$ 2.000,00 e R$ 4.000,00, classe B e C, apaixonadas por novidades da moda e acessórios.

3. Detalhes

Se a sua pesquisa ficar somente no item acima, você pode estar perdendo uma parte importante deste público. Então, atente-se a mais detalhes:

Características pessoais

Informações profissionais

Estilo de vida

Interesses

Engajamento nas redes

Seguindo e complementando o exemplo, Bianca Reis, 30 anos, gerente de banco, solteira, divide seu dia entre o trabalho e a academia, nas horas livres viaja com os amigos e vai ao cinema, ama roupas e calçados, acessa as redes sociais pelo menos 2 vezes ao dia.

4. Enviar informações

É importante saber como o seu público-alvo prefere receber informações sobre os produtos/ serviços oferecidos pelo seu negócio. Isso causa empatia, já que você envia o que achar necessário do jeitinho que o consumidor quer. E-mail marketing, SMS, WhatsApp, Facebook, Instagram, entre outros, são os meios mais utilizados atualmente.

5. Planejamento

Chegou aquele momento que muita gente não gosta, mas que, sem ele, as ações não funcionam direitinho, como uma engrenagem. Planeje tudo: lançamento de produtos ou serviços, horários de abertura (se for empresa em local físico) em datas especiais, enfim, um bom planejamento é sinônimo de 50% de êxito. Não esqueça!

6. Foco

Foque sempre em sua audiência. Para a sobrevivência de um negócio, o essencial é saber o que o cliente quer e adaptar o que você tem a oferecer e não o contrário. Faça com que seus produtos e/ou serviços se encaixem ao desejo do cliente!

7. Material de qualidade

Não estamos falando do produto/ serviço que seu negócio oferece e, sim, das ações de marketing que realiza. Oferecer material de qualidade pode ser em posts das redes sociais, por exemplo (imagem + conteúdo). Faça a sua propaganda, mexa em seu institucional, mas dê material que o público possa compartilhar, como mensagens, memes, frases, entre outros. Faça a sua marca ser conhecida por meio de compartilhamento nas mídias sociais de seus clientes… De amigo em amigo, o compartilhamento também ajuda a criar seu público-alvo.

Para encerrar, guarde esta frase “Não suma! O seu cliente precisa mais de você do que nunca”.

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x